OFERTA ACABA EM
49
Minutos
05
Segundos

APROVEITE QUE LOGO VAMOS TIRAR ESSA OFERTA DO AR!


Código dos Homens Volume III 
O Código da Conquista

Tudo na vida começa com uma conquista. A conquista para nascer, a conquista para andar e falar, a conquista da honra e da mulher desejada. Devemos aprender a ser conquistadores e assim conseguirmos tudo o que mais desejamos. Neste terceiro livro falarei mais sobre sedução e sexo. Além do comportamento Alpha

Imagem
De R$ 67,00
Versão digital por apenas
R$ 9,90
desconto de + de cinquenta reais
Formas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de Pagamento

Conquiste tudo o que desejar!

Formas de Pagamento
  • A LENDA DOS SETE SAMURAIS
    A lenda começa com uma grande derrota, justamente para ensinar que sofrer uma derrota no campo de batalha pode desencadear uma ascensão ainda maior. Derrotados mas não destruídos, os últimos remanescentes do quase extinto “clã dos lobos” foram obrigados a recuar.


     Esse recuo estratégico não se deu por medo de morrer ou visando a própria sobrevivência. Um samurai que empunha sua espada, honra seu código e honra seus companheiros, nunca se curvando por misericórdia: ou vence a guerra ou tomba no campo de batalha.

    Estes samurais possuíam algo muito mais importante que a vida para salvar: Seu código de conduta jamais poderia perecer.

    Era uma época violenta no antigo Japão feudal, momento de transição das eras, onde oportunistas surgiam e exploravam o povo. O exercito samurai era mais fraco que a força do xogum, mesmo assim fizeram um último ataque, considerado por muitos como suicida. Esse ataque foi um ato heróico que não visava a vitória, era uma ação com o propósito de acordar o Japão e unir os clãs.

    Com esse ataque, eles mostraram que um homem sozinho não pode mudar o mundo, mas toda a nação unida tem o poder de mudar uma era. Quando a perseverança e a disciplina são mais fortes que o medo da derrota surge a maior força de todas: União. Morrer para inspirar uma nação a lutar era considerado pelo “bushido” como nobre: O momento em que o homem se aproxima da perfeição.
    Um ato altruísta visando o bem maior. O guerreiro não treina e se aperfeiçoa para abaixar a espada e fugir, sua honra é morrer em pé, segurando sua espada e lutando até o final. O guerreiro não se aperfeiçoa para lutar. Ele atinge a perfeição para VENCER. Mesmo que para vencer precise se sacrificar.

    O ancião do clã alertou ao comandante que seus samurais não poderiam ser extintos. Em meio ao combate, temendo pela extinção do clã, o comandante selecionou seus mais sábios guerreiros juntamente do seu filho mais novo (esse não foi um ato egoísta, ele apenas não quis privar a nação da sua linhagem sanguinea) e os ordenou que batessem em retirada, precisavam salvar o código samurai.

     A derrota era certa desde o momento em que planejavam o ataque. O comandante pereceu em pé junto dos seus homens, servindo ao seu propósito e inspirando a nação. Estes samurais combateram a tirania no Japão antigo durante um período de transição das eras xogun, a última era política do xogunato tokugawa que comandava a nação.

    Após a derrota deu se inicio a Era meiji, onde o poder do xogun foi abolida e deu-se inicio a política imperial.
    Após uma dura batalha onde hoje é a cidade de Kyoto eles foram completamente derrotados. O mundo não precisava mais dos samurais.

     Os samurais que tombaram naquele campo de batalha eram os últimos conhecedores do “código da conquista” passado a eles através das gerações. Mesmo derrotado o comandante conseguiu salvar sete homens para que o código continuasse vivo através deles.


     Foram obrigados a fugir para o interior do Japão. A noticia da fuga dos “sete *ronins” (*samurai sem mestre) como ficaram conhecidos, foi espalhada entre os inimigos, como era o inicio do rigoroso inverno, não precisariam persegui-los pois estavam feridos e expostos as baixas temperaturas suas chances de sobrevivência eram mínimas. E afinal de contas, o que sete homens poderiam fazer?

    Desde o inicio todos sabiam que não sobreviveriam a uma viagem muito longa. Ao chegarem ao pé do monte fuji, montaram acampamento onde provavelmente seria o seu túmulo.

      Juntaram as provisões e decretaram que apenas o mais jovem de todos deveria seguir em frente para manter vivo o clã. Era o filho do comandante, ele entendia o propósito da sua vida e afim de honrar seus companheiros não desistiria, salvaria seus irmãos, um samurai deve morrer pela espada e não pelo cansaço. Ao cair da noite, este samurai partiu em busca de ajuda para os demais.


     Passaram-se dias e o ancião que estava mais ferido, temia que o jovem tivesse caído em alguma emboscada. Ao cair da noite, a lua começou a iluminar toda a paisagem frente a eles, e quando as esperanças pareciam perdidas, o samurai retornou com um grupo de camponeses para ajudá-los. Até o mais forte guerreiro, um dia precisará de ajuda.


     Os camponeses carregaram os samurais em suas carroças, viajaram por um dia inteiro até chegar a um pequeno vilarejo no topo da montanha, era um lugar comum, com as casas tradicionais do antigo Japão feudal, tudo parecia normal, exceto pela enorme *macieira localizada no centro da vila.


     Os camponeses eram pessoas simples e bondosas, mas estavam tão acostumados com a sua vida ao redor da árvore, que mal sabiam o que se passava no resto do Japão. Com o passar dos dias, os camponeses trataram dos soldados, um a um, com enorme dedicação e em algumas semanas, todos estavam recuperados.


     O desejo de todos era regressar a luta mas o ancião decidiu permanecer mais um tempo na vila, afim de entender os costumes locais, e como poderia retribuir à essas pessoas por sua generosidade. Vivendo junto deles, aos poucos, foi percebendo que todo o sustento das pessoas eram retirados da macieira.


     Nas noites mais frias, acendiam uma enorme fogueira e todos reuniam-se para ouvir as histórias dos grandes feitos samurais. Em uma noite qualquer, o samurai tentou transmitir suas idéias, e contou como as pessoas poderiam melhorar de vida se cultivassem a terra por meio da agricultura e domesticassem alguns animais para a pecuária. Suas idéias não foram bem aceitas pelos moradores que um a um começaram a retirar-se.


     Eram pessoas bondosas mas acomodadas, acreditavam que tudo o que pudessem precisar Deus daria à eles.

    Em pouco tempo, percebeu que todos sobreviviam apenas do que a macieira lhes oferecia, juntavam as maçãs que caiam durante o dia, e dela faziam tortas, doces, até mesmo o saquê. Tudo provinha desta árvore. A macieira era a vida e a morte da aldeia. O modo de vida desse povo era frustrando para os samurais que apenas conheciam a luta e o esforço.

     Enquanto todo o restante da nação lutava por liberdade estas bondosas porem acomodadas pessoas passavam os dias como se o futuro não importasse.

    Cantavam, brincavam e não se esforçavam nem um pouco para melhorar, sua vida era baseada na espera que mais frutas caíssem da arvore. Era uma vida cômoda e baseada apenas na sobrevivência.

     Com o passar dos dias, os primeiros ventos da primavera começaram a soprar, e trouxeram junto o sussuro de que o um novo samurai estaria tentando reunir os clãs, e bastou essa faísca de esperança para que os clãs começassem a se unir uma vez mais, agora com os olhos do povo bem abertos suas chances eram reais.


     Os samurais sacrificaram-se para obter o apoio de todos e eles precisavam unir-se a luta. Era a hora dos sete partirem.

    Os camponeses deram suprimentos para alguns dias, desejaram boa viagem e os samurais partiram. Ao se afastar um pouco, o ancião, respeitado por sua sabedoria, ordenou que todos parassem. Ao longe ele contemplou a paisagem com a qual até mesmo ele havia se acostumado.

     Aquela macieira tinha um poder grande de influencia sobre as pessoas dessa vila. Há algumas noites, ele questionou-se sobre a sua luta, se deveria continuar lutando para viver, ou se deveria passar seus últimos dias à sombra da macieira, sem preocupações, numa penumbra que não conhece nem vitória nem derrota, nunca mais precisando pegar a sua espada para lutar, poderia viver pacificamente.

    Ao se lembrar disso, o samurai empunhou sua espada, ergueu-a sob a cabeça, apertou com toda força o seu cabo e ordenou aos seus generais.

    - Vão! E derrubem a macieira!

     Os generais mais experientes, sem questionar, sacaram as espadas e retornaram ao vilarejo, enquanto ouvia os gritos desesperados dos aldeões, seu mais jovem soldado tentava persuadi-lo: 
    - Não faça isso, os aldeões foram bons conosco, trataram nossos ferimentos e estamos vivos hoje graças à essa bondade.

     O ancião olhou para o soldado, o qual pôde ver através dos olhos que o fitavam a força da alma do samurai.

    - Meu filho, é por estas pessoas serem tão boas conosco, que eu não posso partir e deixá-las assim, tirar o comodismo delas é o melhor que eu tenho a oferecer.
    - Essas pessoas irão sofrer no início com a dor da perda, talvez alguns não sejam fortes o suficiente e pereção, porque sempre que perdemos algo estimado, que parece insubstituível para nós, achamos que a vida acabou e os fracos desistem de lutar e entregam-se à dor e ao desespero de perder algo conhecido e estar à frente do desconhecido.

     Os moradores do vilarejo não têm ambições, não sabem lutar pelo que querem, estão à mercê do que a vida generosamente lhes dá, eles não saberão o que fazer se um inverno for tão rigoroso a ponto de a árvore não gerar frutos, todos perecerão porque não sabem fazer outra coisa da vida além de esperar os frutos que caem do céu, eles não conhecem a glória e a satisfação de conquistar algo com as próprias mãos.


     E esse é o meu presente de agradecimento a eles, foi por esse código que fomos salvos, mesmo que muitos não entendam agora, o aprendizado nunca vem com sorrisos, dificilmente você aprende algo quando tudo dá certo, e quando as dificuldades aparecem, você pensa que é o fim do mundo e não há salvação.


     Essas pessoas aprenderam isso hoje, chorarão ao redor da árvore, e então irão partir, porque precisam evoluir e parar de depender da sorte. Saberão que muito mais lhes pode ser oferecido, se batalharem duro para isso e não viverão apenas esperando que as coisas caiam dos céus.

    Partimos agora, temos a nossa própria luta a travar.
    Os samurais partiram, e lutaram meses e meses, até serem derrotados pelas forças do xogum, mas o seu código de honra, jamais seria esquecido.

     Antes da luta começar, o ancião chamou o mais jovem e lhe confiou uma última tarefa: A nação não mais precisava dos samurais, de hoje em diante ele baixaria a espada e passaria seus últimos dias contando as histórias de seus companheiros para que o mundo não esquecesse da força dos samurais, e o código sobreviveria através dele para as próximas gerações. Este fez um juramento, de que jamais desistiria do que acreditava, e em meio a qualquer dificuldade ele nunca se abateria ou choraria com saudade do passado.


     O Japão já não precisava mais da força da espada, e o jovem decidiu regressar a vila, sempre quisera voltar ao vilarejo para saber como as pessoas estavam. Ao chegar à montanha, percebeu que nada restava, não sabia se as pessoas haviam partido ou morrido de fome.

    Decidiu descer até a margem do rio onde passou a noite, no dia seguinte, havia mulheres e crianças na outra margem, além de pessoas com redes nos rios. Logo reconheceu alguns rostos, eram os camponeses, que desceram a montanha para fundar uma nova vila próxima ao rio, onde a terra era boa para cultivar.

     Haviam evoluído muito, todos tinham suas obrigações, e as pessoas nunca estiveram tão satisfeitas. Aprenderam a lutar para viver. Este foi o legado que o ancião e todos os heróis deram a vida para proteger. Mais tarde esse vilarejo tornou-se a capital de todo o Japão. Tudo porque lhes foi confiado, o 'Código da Conquista'.


     Era um lugar onde seguiam seus códigos de honra, e principalmente, o código da conquista, que lhes ensinou que: quando querem alguma coisa, eles devem lutar para isso. Que apenas o trabalho gera frutos, eles nunca caem do céu.


     Quando ganhamos as coisas de mão beijada, dificilmente as valorizamos, e passamos a não viver, mas apenas existir. Somente se é realmente derrotado, quando se desiste de viver.


    “As limitações do que você é capaz de realizar somente serão conhecidas no seu leito de morte, e mesmo no final lamentará apenas pelas desistências
    e não pelos fracassos.

    Fracassar é apenas aprender a forma errada
    de se fazer algo.

    Desistir enquanto é capaz de agir, é o mesmo que cometer suicídio. Porque enquanto você está vivo não existem limitações nem lamentações,
    apenas oportunidades.

    -TRECHO CAPÍTULO 1

O que você vai aprender:

Doutrina Alfa
Ensinamentos para se tornar confiante e seguro de si, perder a timidez e se tornar um homem cativante.
Controle mental
Uma rápida passada por uma fase de superação emocional, onde aprendemos a não ficar refém de sentimentos negativos.
Modo Cafa: Lições sobre sexo e sedução
Ensinamentos para o cafajeste que quer se dar bem com as mulheres, aprender a ler nas entrelinhas e a sedutor sem parecer desesperado. 
OFERTA ACABA EM
49
Minutos
06
Segundos

CAPÍTULOS QUE VOCÊ
ENCONTRARÁ NO LIVRO

Parte I - Código Comportamental e Relacionamentos
Lição n° 01 : A necessidade de desapegar

Lição n° 02 : Algumas pessoas não valem a dor de cabeça

Lição n° 03 : NÃO CONTENTE-SE COM RELACIONAMENTOS ‘MEIA BOCA’

Lição n° 04 : Tirando o melhor dos relacionamentos

Lição n° 05 : O coração flexível do cafajeste

Lição n° 06 : Você está preparado para um relacionamento maduro?

Lição n° 07 : Qual o seu nível de querer?

Lição n° 08 : O que você diz é o que você faz?

Lição n° 09 : Sorte ou esforço?

Lição n° 10 : A mensagem das emoções

Lição n° 11: A responsabilidade sobre a sua vida

Lição n° 12 : Fatores financeiros

Lição n° 13 : Aprendendo a ser paciente

Lição n° 14 : Não seja a piada da turma

Lição n° 15 : Novo símbolo e seu significado

Lição n° 16 : Armadilha da Friendzone: As três faces do provedor

Lição n° 17 : Prós e Contras de morar junto
1
Parte II - O Jogo da Sedução
Lição n° 01 : Mulheres e suas maravilhas

Lição n° 02 : A importância do sexo nos relacionamentos

Lição n° 03 : Você é bom de cama?

Lição n° 04 : Sexo Oral - Como fazer

Lição n° 05 : Desperte o interesse

Lição n° 06 : Abordagens clássicas

Lição n° 07 : Aproveite as oportunidades

Lição n° 08 : Guia prático para abordagens

Lição n° 09 : Principais erros na hora de abordar uma mulher
2
Conclusão
3

O que os leitores estão falando desse livro?

Confira os depoimentos dos leitores da Amazon sobre o livro Código dos Homens Volume III.

Isto é
Se você deseja ler esse ou outros títulos do autor J.F Rozza, ou ver mais comentários e recomendações procure por "JF Rozza" no site da amazon.
Formas de Pagamento Formas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de Pagamento

Leitura para todas as idades!
Fotos tiradas durante a Bienal Internacional de São paulo.

Formas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de Pagamento Formas de PagamentoFormas de Pagamento
OFERTA ACABA EM
49
Minutos
06
Segundos
Formas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de Pagamento
*Parcelamento com tarifa de 2.49% a.m via cartão de crédito. NÃO É POSSÍVEL PARCELAR NO BOLETO.

PERGUNTAS FREQUENTES (FAQ)

  • Como saber se esse LIVRO serve para mim?

    Este LIVRO serve para todos os homens que desejam superar e parar de sofrer para recomeçar as suas vidas. Para não deixar o fantasma do passado atrapalhar seus novos relacionamentos. Esse livro também serve para identificar reais chances de reconquistar, e como reconquistar. Mas se você fechou as portas para o relacionamento, se fez tudo errado e acha que esse livro fará mágica, preciso te alertar que aqui não acontece nenhum milagre. Reconquistar depende muito de como terminou, se ela pediu um tempo então você PRECISA ler esse livro antes de tomar qualquer outra atitude. Se você se encaixa em algum desses casos, então esse programa vai te ajudar a conquistar esses objetivos!
  • Quais são os conteúdos do livro e como eles serão liberados?

    O livro  têm cerca de 132 páginas e é dividido em diversos capítulos. Todo conteúdo do e-book já estará imediatamente disponível para que você possa ler agora mesmo. 
  • Existe alguma garantia de que esse LIVRO funciona?

    Se você não tiver certeza se o livro é ou não pra você, não tem problema. Nós acreditamos tanto no conteúdo que vamos deixar você experimentá-lo por 7 dias de garantia. Se dentro desse período você não ficar completamente satisfeito, basta nos enviar um e-mail e devolveremos 100% do seu investimento. Simples assim :) É um trato, leia e pague se gostar.
  • Eu preciso ter alguma experiência com mulheres ou vale pra qualquer idade?

    Não importa quantos anos você tem, esse programa não é destinado a apenas uma parte dos homens e sim a TODOS. Todos que quiserem dominar suas emoções e as atitudes, para parar de agir por impulso e principalmente evitar humilhações que sujarão sua honra masculina. Não existe nenhuma restrição de idade para leitura desse livro.
  • E se eu não tiver tempo para estudar?

    Aí eu te faço uma pergunta. - Para se você não tem tempo para melhorar a si mesmo, no que você está usando o seu tempo? O conteúdo é 100% online e você pode baixar no seu celular para ler onde estiver e no momento que achar melhor. Você pode ler no seu ritmo, e ir aplicando o que aprender um passo de cada vez. E poderá ler quantas vezes quiser, uma vez que baixar seu acesso a ele é vitalício.
  • Posso participar em outra oportunidade?

    Não vamos abrir nenhuma outra oportunidade igual à que você está vendo nessa página. Essa é uma oferta especial e com hora específica pra finalizar. Se você perder essa oportunidade, certamente não terá acesso a ela novamente... Você está lendo esse texto nesse momento, porque fizemos um anúncio que te trouxe até aqui, e a configuração desse anúncio é de que não seja enviado 2x para a mesma pessoa. A hora que fechar essa página o lamento e a tristeza serão suas únicas companhias, a solução chegou e você não quis aproveitar.
  • Onde vou ler o livro?

    Assim que você confirmar o seu exemplar digital, o nosso sistema verificará todas as informações e vamos liberar uma cópia do livro para você no e-mail que você cadastrar na hora da compra. Cuide muito bem para digitar o e-mail corretamente. Você vai receber acesso a uma área de membros online contendo todo o conteúdo dessa oferta e poderá fazer download ou ler online.